Morre Alan Viggiano, incentivador da cena literária de Brasília | PublishNews

O escritor mineiro Alan Viggiano morreu no último domingo (18), aos 90 anos. Além de deixar uma obra consistente, de títulos relevantes, ele foi um dos principais desenvolvedores de uma cena literária em Brasília. Foi o fundador do Sindicato dos Escritores do Distrito Federal (Sindescritores), do qual foi o primeiro presidente. Durante toda a vida, ele esteve presente no noticiário por seus livros e por sua amizade fraterna com o cartunista Ziraldo, que se inspirou no amigo para criar um dos personagens da Turma do Pererê. Duas das e principais obras de Viggiano são encontradas hoje nas livrarias: Itinerário de Riobaldo Tatarana (Editora Crisálida), um estudo sobre os lugares em que se passa a ação do clássico de Guimarães Rosa Grande sertão: veredas, e Lisábria de Jesus (edição do autor), romance premiado pela Academia Brasileira de Letras. A ABL também premiou outros livros dele, O exilado e Uma aventura linguística, que podem ser encontrados em sebos. Clique no Leia mais para acessar a íntegra desta nota.

Continuar leitura em PublishNews…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: